Produto recertificado: o que é?

Celulares e SmartphonesEletroeletrônicos

26 de abril de 2017

Produto recertificado notebook e celular

Produto recertificado notebook e celular

Talvez você já tenha ouvido falar em produto recertificado e provavelmente ficou sem entender nada. É usado? Semi-novo? Novo? Descubra agora!

O produto recertificado nem sempre foi usado, mas também não pode ser considerado novo. “Como assim?”, você nos pergunta. Bom, um produto recebe a classificação de recertificado quando vai para as prateleiras das lojas e por algum motivo precisa voltar para a fábrica, mas pode ser comercializado depois de passar por uma verificação que comprova sua qualidade.

Os motivos que fazem um produto voltar para a fábrica, muitas vezes até mesmo depois de já terem sido vendidos, podem ser variados. Listamos alguns abaixo:

  • Produtos que apresentam defeitos na embalagem e, por esse motivo, são devolvidos pelo atacadista.
  • Produtos devolvidos intactos, dentro do período de devolução, quando o cliente se arrepende da compra.
  • Produtos que foram utilizados para demonstração em lojas físicas.
  • Produtos que apresentaram defeito e foram devolvidos.
  • Produtos com a embalagem violada, mas que não foram utilizados.

Avaliação técnica – funciona direitinho?

Ao voltar para o fabricante, o produto passa por um processo de avaliação de suas funcionalidades, mesmo que ele não tenha apresentado falha. Todos os componentes são revisados novamente, como é feito com um produto novo.
Se for encontrado algum defeito, o aparelho passa por conserto e novos testes são feitos para assegurar sua qualidade. Em perfeito estado de funcionamento, o produto pode ser vendido com condições especiais – ou seja, preços muito mais em conta para você aproveitar!

Para garantir a qualidade do produto e deixar o cliente ainda mais seguro de que adquiriu uma mercadoria de qualidade, a fabricante ou um parceiro autorizado emite um certificado e oferece garantia de até três meses.

Avaliação estética – e é bonito?

Alguns desses produtos podem apresentar imperfeições estéticas, ou seja, conter riscos e arranhões, principalmente quando foram manuseados anteriormente. Isso pode acontecer, por exemplo, com celulares e notebooks usados para demonstração em lojas.

Quanto mais riscos e arranhões um produto tiver, maior é o desconto no valor da compra. No Saldão da Informática, utilizamos os selos “Ouro”, “Prata” e “Bronze” para indicar a situação de cada produto.

Um equipamento que esteticamente estiver como o novo, é chamado de Ouro. Aqueles que tem mínimos sinais de uso ganham a certificação Prata e, por último, o selo Bronze é dado a produtos com mais sinais de uso, como amassados na carcaça.

Vale a pena comprar um produto recertificado?

Muitas vezes, o produto recertificado é igualzinho a um novo, mesmo na aparência. Mas se você é do tipo que não liga para os padrões de beleza, pode se dar muito bem com um aparelho recertificado Bronze.

Conhecidos nos Estados Unidos como produtos “refurbished”, os recertificados são comprados há muito mais tempo pelos americanos, que já estão acostumados a aproveitar esse tipo de oferta.

Nós brasileiros estamos começando a descobrir as possibilidades de economia desse tipo de venda, por isso o mais importante é se informar sobre o produto recertificado que você pretende comprar, avaliando se atende às suas necessidades e se o fornecedor é confiável.

Você ainda tem alguma dúvida sobre produtos recertificados? Deixe nos nossos comentários que a gente te responde 😉

Resumo
Produto recertificado: o que é?
Título do artigo
Produto recertificado: o que é?
Descrição
Talvez você já tenha ouvido falar em produto recertificado e provavelmente ficou sem entender nada. É usado? Semi-novo? Novo? Descubra agora!
Autor

Last modified: 25 de outubro de 2017